Como fazer um AR CONDICIONADO caseiro com cooler + PET + pilha | EXPERIÊNCIA

Hoje, depois de muitos pedidos e depois de muito calor, eu resolvi fazer um ar condicionado caseiro.

Pra isso você via precisar de uma garrafa PET de três litros, de um cooler de computador. Quanto maior for, melhor. De um pouco de fita adesiva, de um canivete ou de um estilete, e de alguma coisa pra alimentar a energia desse cooler de computador.

Geralmente os coolers tem doze volts. Como não existe uma pilha de doze volts, eu vou usar essa aqui de nove volts, que vai dar conta de fazer rodar o cooler.

Você também pode arrumar uma fonte. Mas é difícil achar uma fonte de doze volts. Eu arrumei essa aqui de cinco que é de um roteador velho que eu joguei fora, e você vai ver que vai rodar o cooler bem devagar mas já funciona.

O primeiro passo é marcar o lugar onde vai ser recortada a garrafa para encaixar o cooler. Ele tem que ficar mais ou menos quatro dedos pra cima do fim da garrafa.

Depois você tem que recortar o buraco pra fazer encaixar o cooler.

Próxima etapa

Próximo passo é cortar o bico da garrafa. Você tem que cortar logo depois que acaba essa curvinha aqui do bico, um centímetro para baixo disso mais ou menos. Mais ou menos nessa altura aqui.

Agora você encaixa o cooler no buraco que foi feito para ele.

Agora com a fita adesiva, você prende a bateria do lado contrário ao do cooler na garrafa. Para ligar a bateria no cooler, eu vou usar esse conector aqui que é um conector de bateria de nove volts que eu roubei de um equipamento eletrônico, mas você pode ligar direto o polo positivo e o polo negativo do cooler na bateria.

Isso aqui é melhor porque isso aqui serve como interruptor também. Então eu vou ligar aqui, negativo com negativo, preto com preto.

E positivo com positivo, vermelho com vermelho. Agora que a parte elétrica tá pronta, tá na hora de fazer a parte da refrigeração.

Você vai pegar aquele bico da garrafa que foi tirado, e vai colocar ele de ponta cabeça, encaixando ele direitinho aqui em cima. É bom que você encaixe o mais firme possível mas sem fazer a PET dobrar.

Mais ou menos assim.

Outra etapa

E o toque final é carregar o nosso ar condicionado com gelo. E agora, é só conectar o cabo atrás da bateria e…

OH! Pra ver se esse ar condicionado gela mesmo, eu arrumei um termômetro, ele ta marcando aqui vinte e oito graus, e vou colocar esse termômetro na frente do ventilador e vamos ver até quanto vai baixar.

Como você viu, dá pra a gente diminuir alguns graus desse calorão que a gente tá passando nesse verão aqui.

Bom, depois que acabar o gelo do ar condicionado, vai sobrar um pouco de água em baixo.

Essa água vai ficar guardada, é só você tirar a parte de cima e jogar a água fora. Bom, e qual é o princípio básico desse mini ar condicionado aqui?

É o mesmo princípio da sua geladeira:

A parte mais gelada tem que ficar em cima. Porque que a parte mais gelada fica em cima tanto na geladeira quanto no nosso micro ar condicionado? Porque o ar chega aqui, ele encontra com esse gelo e o ar começa a ficar mais frio.

E o ar mais frio tende naturalmente a descer. Então, aqui o ar encontra com o gelo e começa a descer para essa parte aqui.

E o ventilador vai mandando esse ar gelado para fora, para a sua cara, matando o seu calor.

Dicas finais

Bom, é por isso que a gente não pode fazer um ar condicionado assim, colocando gelo na parte de baixo.

Porque o que vai acontecer, você vai pegar o ar quente e o ar quente vai sair direto pelo ventilador sem passar pelo gelo. E aí não adianta nada, você vai conseguir um pouquinho de ar gelado e não vai conseguir fazer um ar condicionado perfeito.

Portanto a melhor forma de gelar o ar é colocar o gelo na parte de cima. E é por isso também que geralmente você vê que o ar condicionado é sempre instalado na parte de cima da casa ou escritório.

Pro ar gelado ir descendo e fazendo com que o ambiente todo fique gelado, porque sempre ele vem de cima para baixo.

Se você colocar me baixo, a parte de baixo do cômodo vai ficar gelada e em cima vai continuar quente.

Se você colocar em cima, todo o ambiente vai ficar geladinho. Eu esqueci de mostrar que também funciona com a fonte de cinco volts.

Aqui estão os dois polos, estão desencapados, mas não tem perigo porque a fonte é só de cinco volts e não vai dar choque em ninguém.

Etapa final

Vou ligar na tomada, desligar aqui da bateria e ligar direto na fonte. Funciona um pouquinho devagar, mas funciona também com a vantagem de não ter que ficar trocando de bateria toda hora.

Mais vídeos como esse aqui você encontra na próxima terça feira no blog.